Comer, rezar, amar e ler!

…mas antes a frase (que não é do dia, porque o dia não teve nada de especial):

“Você tem que ser muito gentil com você mesma quando estiver aprendendo alguma coisa nova.”

Agora sim! Vamos ao livro!

comer-rezar-amar_1280x1024

Para quem ainda não sabia, eu sou uma pessoa (que me considero) viciada em leitura, ou talvez eu seja viciada em não desperdiçar o tempo por isso eu leio muito, em todos os lugares, até andando no metrô. Estou sempre a procura de bons livros, que graças a criatividade humana, nunca deixam de existir.

Acontece que há algum tempo que eu venho escutando sobre um Best seller, (até aí, sem novidades) que bem umas cinco pessoas me disseram que era a minha cara e nesse ponto eu queria esclarecer o que eu penso sobre essa expressão “sua cara”.

Essa expressão nada mais é do que criar um estereótipo da pessoa em questão, no meu caso, as pessoas acham que eu sou um bicho grilo que gosta de tudo que pareça um arco-íris. Eu quero deixar claro que eu, de fato, gosto muito de colorido, mas que eu ainda estou longe de me tornar uma pessoa que segue a ideologia hippie. Ainda estou atrás de um iPod, um laptop, um bom par de calças jeans e claro, um namorado que seja bem rico para viajarmos sempre. =)

Bom, depois de explicado isso, voltamos ao livro, que agora que eu comecei a ler e descobri que as pessoas tem toda razão de achar q ele é a minha cara… ele é uns 80%, mas é! Eu diria que a principal diferença é que a personagem principal decide fazer a viagem dela de 1 ano depois de uma depressão tão forte que só foi ser tratada descentemente com remédios (ao contrario da personagem, eu adoro remédios e odeio sentir dor, por menor q seja) depois de uma crise que ela teve que lutar com ela mesma (internamente) para não cortar o próprio braço com uma faca de cozinha! (ok, ficou meio filme de psicose, mas no livro ela escreve mais suavemente).

Passagens do livro que eu simplesmente TENHO que colocar aqui, porque me descrevem demais:

“[…] como a conhecida […] que acabara de descobrir que estava grávida do primeiro filho […]. Vi a alegria em seu rosto e a reconheci. Era uma alegria idêntica a que meu próprio rosto havia irradiado na primavera anterior, no dia em que descobri que […] iria […] para Nova Zelândia […].”

Foi mal pelas cortadas, mas era a essência da frase que eu queria deixar aqui… é ou não é a minha persona?

“[…] O que você quer fazer, Liz?

 […]
 Quero ir a uma aula de ioga.
 Quero ir embora desta festa, voltar para casa e ler um romance.”
Essa é só para quem acompanha os meus desejos doidos!
 “[…] viajar é a verdadeira paixão da minha vida. […] Sou leal e constante em meu amor pelas viagens, de um modo com nem sempre fui leal e constante em relação as minhas outras paixões. Tenho pelas viagens o mesmo sentimento que uma feliz nova mamãe tem por seu recém-nascido barulhento, irrequieto e cheio de cólicas – simplesmente não ligo para o que elas me fazem suportar. Porque eu as adoro. Porque elas são minhas. Porque são exatamente a minha cara.”

 

Difícil comentar sobre isso qdo o mundo sabe sobre isso…

 “ Tenho um pouco de vergonha de confessar isso, mas não visitei um museu sequer durante meus quatro meses de Itália. (Ai, cara… é pior ainda. Preciso confessar que fui a um museu: o Museu Nacional da Massa, em Roma).”

Essa foi para os amigos mais engraçadinhos. =P

  “ […] porque eu adoro beijar. (Reclamo tanto disse com Sofie que um dia desses ela finalmente disse, irritada: “Pelo amor de Deus, Liz… Se a coisa ficar ruim demais, eu beijo você.”)”

Pobre Glen, espero nunca chegar nesse ponto com você! rs
Bom, foi até aí que eu li do livro, ou seja, 20% dele. Já dá para ter uma idéia de como eu estou me identificando, certo? Ao longo da leitura teremos mais posts sobre Eu vs Livro.
Mudando de assunto. A nova aquisição citada no post anterior que estava prestes a chegar em casa e que me preocupava chegou.
É uma linda-mega-master-plus TV de 42 polegadas (sim, eu disse QUARENTA E DUAS POLEGADAS!!!).
Parece uma tela de cinema!

Claro que eu chamei os amigos no primeiro dia para apreciarem a belezura! E claro que ficamos até as 4hs vendo filmes! E também é claro que a minha mãe tinha toda razão sobre precisarmos trocar o sofá… tenso.

A minha primeira grande compra (também citada no meu post anterior) foi antecipada e deve chegar na semana que vem, mas essa eu deixo para falar quando chegar, com certeza estarei mais empolgada para escrever. E a todos que tem agüentado a minha ansiedade… calma, ta chegando! =)

Bjos!

 

One comment

  1. […] já foram muitos livros que eu viciei (vide “Comer, Amar e Rezar” que ganhou 2 posts aqui e aqui) e agora é um novo […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: