Sonho em andamento!

Quem está próximo sabe o que está acontecendo na minha vida e eu não quero fazer desse post um livro.

Resumidamente, finalmente eu decidi arregaçar as mangas, capitalizar tudo que eu podia (vendi o carro e pedi demissão) e ir pra Europa morar um tempo lá buscando ONDE eu quero passar a maior parte da minha vida.

Esse post eu escrevo com exatamente 1 mês de Europa e aos poucos vou colocar todas as experiências, mas por hora quero colocar mais como estão minhas sensações e emoções.

Não tem como não começar com os franceses. Que eu era teimosa, eu já sabia, o foda é constatar que todo mundo tava certo e eu que insisti em vir aqui. Os franceses –que eu conheci so far – (obviamente que não estamos falando de 100% aqui, mas um geral) são MUITO egoístas, NADA solícitos, NÃO tentam MESMO te entender mesmo quando você tenta falar francês e realmente não dá gosto de conhecer muitos deles.

MAS, como disse meu amigo Gui, desencanei de ficar julgando o povo mais mala do mundo e passei a ignorar os chatos e me apegar as pessoas legais que passam pelo meu caminho.

A Côte-de-Azur é mesmo MUITO espetacular! O mar daqui é impressionantemente azul, um azul claríssimo que vai pro escuro, algo muito surreal. Agora no final de junho as praias já estão tão lotadas quanto  a Praia Grande.É mesmo o refúgio de metade da Europa.

Vale lembrar que as praias (quase todas) são de pedras e não é lá muito confortável deitar e nem entrar ou sair do mar – minhas havaianas nunca passaram tanto tempo no meu pé.

Vale conhecer todas as cidades ao redor – deixei algumas para conhecer quando voltar. Em especial meu coração fica com a Praia Paloma! (Merci por me levarlá Louise)

Espero que minhas próximas fazendas sejam realmente boas (mesmo não tendo praia) e que eu conheça pessoas muito bacanas e tire essa má impressão dos franceses.

Sobre a primeira fazenda eu coloco em um outro post!

Algumas dicas sobre a França (pelo menos por aqui em Nice e arredores):

–          traga dinehiro, quase não se usa cartão aqui.

–          Não esqueça a havaianas por NADA.

–          Não esqueça de validar os bilhetes de trem (antes de entrar na plataforma) e de ônibus (dentro dos ônibus) e para os bus, vale lembrar que você pode usar o mesmo bilhete em quantos bus quiser por 75 min.

–          Enquanto estiver dentro do bus guarde o seu “bilhete”- mesmo que seja um papelzinho – pq as vezes a fiscalização entra e pede o bilhete de todo mundo e multa se vc não tiver o seu.

–          Vá a um escritório de Turismo – geralmente tem um perto das estações de trem e dentro dos aeroportos – e pegueos time tables dos bus para você andar na cidade.

–          Se o bus demorar mais de 10 min do horário programado pense em outras formas de chegar no seu destino pq as vezes os buses simplesmente não passam.

–          Taxi é só pra gente muito rica, evite. Ah, se vc achar um neh! =P

–          Pense em alugar bikes (velobleu eh o nome dos postos de aluguel, tem em diversos lugares) por uma semana ou algo assim, tudo aqui eh relativamente perto e plano perto da praia.

–          Se possível fique em um hostel, eles sempre tem ótimas informações sobre o que fazer na cidade.

Acho que é só, espero ter ajudado.

Bjos,Gi

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: